Landing page: A Porta de Entrada para o Sucesso no E-commerce

Nos dias de hoje, tem se falado e muito sobre a tal da economia da atenção. Criado em 1970, pelo psicólogo, economista e cientista político Herbert Simon, o conceito trata a nossa capacidade de atenção como um bem escasso e, justamente por isso, valioso. Pensando em como anda corrida a nossa vida e nas diferentes rolagens infinitas que estão sempre à nossa espreita, ter uma landing page (LP) bem configurada é crucial para determinar se um usuário se tornará um cliente ou simplesmente abandonará o site.

Aliás, o próprio Google considera o tempo de permanência em uma página como um dos fatores de ranqueamento de uma página. Em outras palavras, quanto maior esse tempo de permanência, maior a chance de um usuário converter, o que significa que o seu site é relevante para aquele tipo de pesquisa. O que, além de aumentar a sua posição nas buscas realizadas, também pode baratear o custo de suas campanhas de links patrocinados e aumentar o seu ROAS.

É por isso que você precisa ter uma página de produto matadora para ter, não só sucesso em suas campanhas de tráfego pago, mas também para que o seu e-commerce consiga capturar a atenção do usuário.

Mas o que é uma landing page

A resposta rápida é: uma página web criada com um único objetivo: converter visitantes (usuários) em leads qualificados ou vendas. Ela pode ser um microsite, quase como um universo contido onde o visitante entra, realiza uma função e sai, ou uma página de um site maior. 

Ela difere da página inicial de seu e-commerce, que tem um propósito mais geral de apresentação, e concentra-se em uma ação específica. Esta ação, pode ser uma venda, se cadastrar em uma newsletter ou baixar um e-book

Mas se você estiver interessado na resposta longa e eu acredito que esteja, uma landing page pode ser mais que isso. Ela pode ser entendida como um conceito basilar para todo o seu e-commerce. Voltemos ao seu conceito central: uma LP é uma página que se destina a fazer com que o visitante realize um ato exclusivo. Agora pegue essa informação e pense em como ela se encaixa perfeitamente nas diferentes páginas dos produtos que sua loja eletrônica possui.

Cada uma das suas páginas de produto possui uma única ação: vender. Ao passo que para isso é necessário que ela tenha sido construída da melhor forma possível tendo sempre esse objetivo em mente. Pois, convenhamos, quando um visitante entra em seu e-commerce ele já sabe o que quer comprar. Por isso, é necessário que você facilite este processo, deixando as informações claras e fazendo com que a jornada de compra tenha a menor quantidade de cliques possível. 

Não à toa que a Amazon, uma das maiores empresas de e-commerce do mundo, dividiu em dois os botões de compra: adicionar ao carrinho (para aqueles que querem comprar mais de um item) e comprar agora (para aqueles que desejam somente um único item). Esta é só mais uma das estratégias que a empresa norte-americana utiliza em seu site pensando no aumento de conversões.

Por que a landing page é importante? 

De acordo com a Forbes, somos impactados por 6 a 10 mil anúncios por dia, o que acaba gerando um cansaço midiático que, por sua vez, faz com que passemos a ignorar ou rejeitar muitas das campanhas às quais somos expostos. 

Em contrapartida, o New York Times vem apontando como vários sites vem revolucionando a aparência de suas páginas de forma a reter a atenção dos visitantes e fazer com que eles retornem em outras ocasiões. A ideia é escamotear terceiros dessa relação (alô redes sociais), e transformar a relação entre o visitante e seus comércios, criando uma relação mais próxima. 

Ter uma página bem estruturada pode fazer a diferença entre uma campanha de tráfego pago bem sucedida ou um fracasso, em realizar uma venda ou ver o visitante comprar em outro site. Sempre foi assim, porém agora a situação é ainda mais crítica.

Certamente prender a atenção do visitante não é o único motivo, apesar de ser o principal, pelo qual uma landing page é tão importante. Por isso listo mais alguns deles abaixo para que você possa pensar: as minhas páginas de destino cumprem esses objetivos?

  • Aumento na taxa de conversão: Uma landing page eficaz direciona o foco do usuário para a oferta específica que o atraiu, aumentando a probabilidade de ele realizar a ação desejada.
  • Melhora na experiência do usuário: Uma landing page clara e concisa oferece uma experiência positiva para o usuário, o que o torna mais propenso a retornar ao seu site.
  • Reduz o custo por aquisição (CPA): Ao aumentar a taxa de conversão, uma boa landing page pode reduzir o custo por aquisição de novos clientes.
  • Fornece dados valiosos: A landing page permite que você acompanhe as taxas de cliques e conversões, fornecendo insights valiosos sobre o desempenho de suas campanhas de tráfego pago.

Como criar uma landing page com alta taxa de conversão?

Agora que você já entendeu a importância de uma landing page, acredito que mil e uma idéias estejam pipocando em sua mente. Mas antes de ir correndo conversar com o seu time de marketing ou pedir alterações no seu site, alguns pontos cruciais para se ter uma página de destino que converta:

  1. Clareza e objetividade: A mensagem da sua página de destino deve ser clara e objetiva, deixando claro para o usuário o que ele está obtendo e qual ação deve tomar.
  2. Relevância: A página de destino deve ser relevante para o anúncio ou link que o usuário clicou. Evite direcioná-lo para uma página genérica do seu site.
  3. Benefícios em destaque: Enfatize os principais benefícios da sua oferta e como ela pode resolver os problemas do seu público-alvo.
  4. Prova social: Utilize depoimentos de clientes satisfeitos, avaliações e outras formas de prova social para aumentar a credibilidade da sua oferta.
  5. Design atraente e responsivo: A página de destino deve ter um design visualmente atraente e responsivo, adaptando-se perfeitamente a diferentes dispositivos, como smartphones e tablets.
  6. Chamada para ação (CTA) clara e convincente: Diga ao usuário o que você deseja que ele faça e facilite a ação, com um botão CTA bem destacado.
  7. Eliminar distrações: Evite elementos que possam distrair o usuário do foco principal da página, como menus de navegação complexos ou anúncios irrelevantes.
  8. Otimização para conversão: Utilize técnicas de otimização de conversão, como testes A/B e acompanhamento de dados, para melhorar continuamente o desempenho da sua página de destino.
  9. Velocidade de carregamento: A página de destino deve carregar rapidamente para evitar que os usuários impacientes abandonem o site.
  10. Acessibilidade: A página de destino deve ser acessível a todos os usuários, incluindo aqueles com deficiências.

Lembre-se: a página de destino é a última etapa da jornada do usuário antes da conversão. Ao investir tempo e esforço na criação de uma página de destino eficaz, você pode aumentar significativamente as chances de sucesso de suas campanhas de tráfego pago e alcançar seus objetivos de marketing digital.

Whatsapp